quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

(Quase) A mesma parede

Antes de mais nada eu quero ressaltar que adoro o trabalho de Daniela Thomas e Felipe Tassara para o São Paulo Fashion Week. Já comentei com eles que de longe parece Sérgio Camargo: e do papelão fez-se mármore carrara.

Mas ontem, visitando o Pavilhão antes da abertura hoje, senti uns arrepios de um deja vu dus infernus. A mesma parede (esse conceito do reciclável já dura umas temporadas) dava uma impressão de antigo, de velho e trazia desde já a sensação do cansaço que só nos abate no fim do evento. “A mesma casa, as mesmas flores, o mesmo jardim” só que agora impregnados pelas fotos dos fashionistas como se eles já estivessem colados ao evento, como capturados por aquelas paredes saídas de um filme P&B de Roman Polanski.

Enfim, não me causou boa impressão!

[Vitor Angelo, do dus*****infernus - leia mais aqui]

Um comentário:

ivaldo disse...

viptor! não é que vi um sérgio camargo em mármore carraca na expo os cinéticos!... o meu primeiro olhar para a pequena escultura foi em um zoom impiedoso da minha mente-olho para saber se aquilo não era papel.
ele que tá certo, faz em mármore logo! chama a daslu pra paitrocinar as paredes da daniela thomas.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk